Buscar

Conceitos Básicos de Célula.



Afinal, o que é uma célula?


Imagine um quebra-cabeça formado por minúsculas peças que, ao se encaixarem, completam um todo. Podemos supor que cada pequena peça desse quebra-cabeça seja uma célula: as células são as menores unidades estruturais e funcionais dos seres vivos! E, com exceção dos vírus, todos os organismos vivos possuem células. - Uma curiosidade: Você sabia que o vírus perdura entre um ser vivo e não vivo?


As células foram descobertas em 1663 por Robert Hooke, que estava observando um pedaço de cortiça (um material vegetal obtido da casca de uma árvore) em um microscópio. Ele observou que havia uma infinidade de pequenas unidades, que foram batizadas de células.


Figura 1. Primeiros registros e ilustrações de materiais celulares realizados por Robert Hooke: (A) equipamento de microscopia desenvolvido; (B) ilustração de cortiça observada e microscopia, através de corte longitudinal e transversal. Fonte: adaptado de HOOKE (1665) – Domínio Público.



Células Eucariontes ou Procariontes


As células podem ser de dois tipos: procariontes e eucariontes. Vamos aprender as principais diferenças entre elas?


As células procarióticas são mais simples em sua estrutura do que as eucarióticas. A principal diferença entre elas é pela ausência de um envoltório nuclear, dessa forma, o DNA (material genético) ocupa um espaço dentro da célula e fica em contato direto com o protoplasma, juntamente com os ribossomos e outras estruturas.


As células procariontes formam os organismos unicelulares: as bactérias. Geralmente, as células procarióticas são pequenas e relativamente simples em estrutura em comparação com as células eucarióticas. Os procariontes têm um cromossomo único, muitas vezes circular, que ocupa a região nucleóide da célula.

Já as células eucarióticas possuem um núcleo verdadeiro, delimitado por um envoltório nuclear complexo (carioteca) que restringe em seu interior o material cromossômico e por onde acontece o intercâmbio com o citoplasma. Também possui organelas ligadas à membrana. As células eucariontes podem formar organismos unicelulares (protozoários) ou pluricelulares, como os fungos, plantas e animais. No geral, as células eucarióticas podem ser vegetais ou animais, e se diferenciam por alguns componentes, como a parede celular e os cloroplastos, que estão presentes somente nas células vegetais.


Figura 2. Procariotos e eucariotos compartilham algumas semelhanças, mas têm muitas diferenças. Os eucariotos têm um núcleo fechado, enquanto os procariontes não possuem organelas ligadas à membrana. Fonte: traduzida e adaptada de Science Notes.org.


Vamos ver um pouco das principais características das células? Você pode verificar cada componente e sua respectiva numeração de acordo com a Figura 2.


Eucariontes


(1) Núcleo: contém DNA e supervisiona todos os processos celulares.

(2) Nucléolo: Formações arredondadas que se localizam dentro do núcleo. São constituídas por RNA e proteínas, cuja função é a biogênese (produção) de ribossomos. Desempenha papel na resposta ao estresse celular.

(3) Membrana plasmática: Também conhecida por membrana celular, a membrana plasmática tem por principal função limitar e preservar o material celular interno.

(4) Citoplasma: Região entre a membrana nuclear e a membrana plasmática. É formado por um líquido com aspecto gelatinoso denominado citosol ou hialoplasma, composto por 70% a 90% de água e outras biomoléculas. É nele que se encontram as organelas essenciais para o crescimento e manutenção da célula.

(5) Parede celular: Consiste em peptidoglicanos que dão a estrutura celular e proteção. Suporta e protege células de vegetais, algas e fungos. Esta estrutura está presente somente nas células eucarióticas vegetais e nas procarióticas (células eucarióticas animais, como a representada na figura acima, não possuem parede celular).


(6) Mitocôndrias: Fornecem energia química à célula na forma de ATP.

Cloroplastos: Prende energia para fotossíntese em algumas células eucarióticas (presente somente nas células vegetais).

(8) Ribossomos: Realize a síntese proteica.

Retículo endoplasmático: O retículo endoplasmático (RE) consiste em uma rede de membranas apresentadas na forma de cisternas achatadas, vesículas esféricas e túbulos. O espaço interior é separado da membrana e denominado lúmen. O RE se divide em dois: RE rugoso (RER) (9), que faz e modifica proteínas, e liso (REL) (10), que expressa lipídeos.


(11) Aparelho de Golgi: Também desenvolve um papel importante na reprodução humana, visto que, durante o processo de formação e diferenciação dos espermatozoides, esta organela é a encarregada pela formação do acrossoma, uma bolsa contendo enzimas que perfuram a membrana do óvulo e permite a penetração do gameta masculino, necessária para o processo de fecundação.

Vesículas e vacúolos: sacos de armazenamento e transporte ligados à membrana


As células procariontes se diferenciam em sua estrutura em comparação às eucariontes. No entanto, possuem algumas estruturas em comum: parede celular, ribossomo, vesícula e vacúolos, citoplasma e membrana plasmática.


Além disso, possuem em sua composição:


(12) Cápsula: Camada de carboidratos que envolve a parede celular de algumas bactérias e as ajuda a se conectar em superfícies

(13) Nucleóide: Região que contém DNA.

(14) Plasmídeo: Reprodução independente do DNA.

(15) Flagelos: Estruturas finas, semelhantes a caudas que ajudam no movimento da célula.

(16) Pilus: Estruturas curtas em forma de vara envolvem apego a superfícies e transferência de DNA

Fímbrias: Estruturas finas, semelhantes a cabelos e que são usadas para fixação.



Qual veio primeiro?

As células começaram a se formar na Terra há pelo menos 3,5 bilhões de anos. As primeiras eram procariontes, mas muito mais simples do que as procariontes atuais. Pela Teoria da Endossimbiose, os cientistas acreditam que as eucarióticas surgiram da simbiose entre células procarióticas. Eventualmente, um procarionte ancestral “absorveu” outras células, que se tornaram mitocôndrias e cloroplastos.

Vamos testar seu conhecimento?

(ENEM, 2016) Um pesquisador preparou um fragmento do caule de uma flor de margarida para que pudesse ser observado em microscopia óptica. Também preparou um fragmento de pele de rato com a mesma finalidade. Infelizmente, após algum descuido, as amostras foram misturadas. Que estruturas celulares permitiriam a separação das amostras, se reconhecidas?


Alternativas: A) Ribossomos e mitocôndrias, ausentes nas células animais. B) Centríolos e lisossomos, organelas muito numerosas nas plantas. C) Envoltório nuclear e nucléolo, característicos das células eucarióticas. D) Lisossomos e peroxissomos, organelas exclusivas de células vegetais. E) Parede celular e cloroplastos, estruturas características de células vegetais.

E ai, conseguiu responder essa questão? Se respondeu a letra E, você acertou!! Caso não tenha acertado, separamos alguns links que podem ajudar você!

Para saber mais: Biologia Celular Interativa: Biologia Celular Interativa | Nuepe UFPR

Quer tal testar seu conhecimento? Lista de Exercícios sobre biologia celular - Mundo Educação (uol.com.br)

Vídeo aula: (1) CITOLOGIA: células eucariontes e procariontes | Resumo de Biologia para o Enem - YouTube





Texto: Amanda Aparecida Oliveira;

Pesquisa: Raphael Martins; Beatriz Prudencio

Texto Instagram:

Arte:

Referências

Anne H. Prokaryotic vs Eukaryotic Cells – Similarities and Differences (2022). Disponível em: <https://sciencenotes.org/prokaryotic-vs-eukaryotic-similarities-and -diferences/>. Acesso em 04 de julho de 2022.


Nuepe UFPR. Descomplicando as células. Disponível em: <http://www.nuepe.ufpr.br/ portal/?page_id=10540>. Acesso em 04 de julho de 2022.


A.L. Ganeo, L. Cândido, J.A. Santos, L.A.F.R. Santos, L.M. Schimit, M.C.P. Carrenho, V.L. Oliveira, A.B.C. Rocha-Lima. Células: uma breve revisão sobre a diversidade, características, organização, estruturas e funções celulares (2019). Disponível em: <https://periodicos.unisanta.br/index.php/bio/article/view/1972>. Acesso em 01 de julho de 2022.


12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo